youtube

São Paulo – Depois de rumores, o Google anunciou sua versão paga do YouTube. De maneira geral, ele é focado em usuários fieis do serviço de vídeos do Google.

Batizado de YouTube Red, ele cobra uma assinatura mensal do usuário. Para desktop e aparelhos com sistema Android, o preço é de 9,99 dólares mensais. Quem quiser usar em um iPhone ou iPad paga um pouco mais, são 12,99 dólares por mês.

Mas, afinal, quais são as vantagens para os assinantes? A primeira é a ausência de publicidade antes e durante os vídeos. Os anúncios são removidos com o pagamento da assinatura.

Para atrair usuários, o YouTube também irá produzir conteúdo exclusivo para os assinantes. Entre as estrelas que aparecerão por lá está PewDiePie, com canal com foco em games.

É aqui que parte importante da estratégia da empresa aparece. Você talvez tenha visto um texto nosso recente falando sobre a briga pelo vídeo na internet.

Aos poucos o Facebook vem se aproximando do YouTube (e do Google) nesse mercado. O trunfo do Google, no entanto, é ser capaz de remunerar (e, assim, fidelizar) os produtores de conteúdo.

A graça do YouTube Red para os produtores profissionais, ou que usam os vídeos como ganha-pão, é a possibilidade de colocar o material atrás de uma parede. De acordo com o Google, a receita das assinaturas será repartida com os produtores de conteúdo.

Para os usuários a história é um pouco diferente. Neste momento é difícil prever se astros como o PewDiePie continuarão colocando conteúdo grátis ou se, com o tempo, isso será algo acessível somente para assinantes.

YouTube Music

No anúncio, o Google também revelou que irá lançar mais uma versão do YouTube, com foco em músicas. O YouTube Music será de graça, mas uma conta premium do YouTube Red permitirá se livrar dos anúncios também nesse serviço.

Outras vantagens são a possibilidade de ouvir as músicas enquanto se utiliza outro app e acesso off-line. O YouTube Music chega primeiramente aos EUA, mas depois será lançado também em outros países.

Com isso, o leque de apps do YouTube se expande. Além do tradicional, a empresa terá a versão Red, YouTube Music, outra com foco em crianças (YouTube Kids), além de uma para jogos (YouTube Gaming).

As assinaturas do YouTube Red serão vendidas a partir do dia 28 de outubro nos EUA. O app de músicas sai no mesmo dia. Os usuários poderão usar o YouTube Red por trinta dias de graça para experimentar.